Entrar para a faculdade é o sonho de muitos brasileiros, porém esse sonho pode custar um pouco mais caro do que o previsto. Os alunos universitários acabam ficando inadimplentes por motivos de não conseguir pagar a mensalidade do curso. Isso acontece devido à vários motivos, os mais contantes deles são as crises familiares, perda de estágio ou emprego ou até mesmo falta de um bom planejamento financeiro. 

De acordo com lei, os estudantes om mensalidades atrasadas não podem ser constrangidos pela faculdade. No entanto, caso o universitário não entre em contato com a faculdade para renegociar suas dívidas no prazo de 90 dias (três meses), a instituição pode incluir o nome do estudante ou responsáveis diretamente no SPC/Serasa.

Além da renegociação diretamente com a faculdade, para não gerar ainda mais dívidas o estudante pode tentar financiar seus estudos com a Caixa FIES, programa criado pelo Governo Federal juntamente com o Ministério da Educação. 

Se você está passando por situações indelicadas como essa, ou deseja apenas ficar ciente das providências à serem tomadas para renegociar as dívidas com a faculdade, continue nos acompanhando pois listamos abaixo 5 dicas para renegociar as dívidas com a faculdade. Confira!

1.Saiba o valor da dívida 

Antes de qualquer outro passo a ser tomado, é de suma importância que você levante todas as informações possíveis referente aos valores que está devendo à faculdades. Assim, você terá maiores detalhes sobre a dívida e terá como falar com mais riqueza de informações no momento em que for renegociar as mensalidades atrasadas. 

2. Faça um levantamento de suas despesas pessoais 

Agora que você já sabe qual o valor de sua dívida com a faculdade, faça um levantamento de seus gastos com as despesas pessoais, como alimentação, aluguel, transporte, saúde e outros. Essa conta deve te mostrar todo os gastos fixos que você tem no mês e que não tem como não serem pagos. 

Ciente desses gastos, você terá uma ideia de quanto poderá pagar em cada parcela renegociada com a faculdade. 

3. Procure a faculdade 

Esse é o passo mais importante. Compareça ao atendimento presencial de sua faculdade para renegociar sua dívida. Todo o processo de renegociação não deve ser feito por telefone ou e-mail. Muitas faculdades possuem uma sala de atendimento específica para casos de renegociação de dívidas. Agende seu horário e compareça. É importante lembrar que todos os pontos devem estar bem esclarecidos para que não haja nenhum tipo de problema posteriormente. 

4. Apresente uma justificativa para o atraso 

No momento de renegociação da dívida, você pode deixar claro que está com dificuldade para pagar as mensalidades de seu curso. Sendo assim, além de pedir renegociação solicite bolsas de estudos oferecidas pela faculdade ou inscreva-se no FIES 2020.

5. Seja responsável no acordo que fizer

É de suma importância você ter atenção na hora de assinar o contrato de renegociação. Lembre-se que você terá que pagar as prestações em atrasos além da mensalidade atual. Por isso, certifique-se de todos os seus gastos fixos e tenha noção da conta que cabe no seu orçamento, para não gerar ainda mais dívidas.